Pelo dever de memória…