Segundo uma notícia publicada no jornal “The Independent”, setenta anos depois será apresentado ao público um documentário inédito de Alfred Hitchcock sobre os campos de concentração nazis, rodado em 1945. Na altura, Hitchcock terá ficado  chocado com o conteúdo das imagens filmadas por elementos da Unidade de Cinema do Exército Britânico, aquando da libertação dos judeus dos campos de concentração, pelas tropas aliadas. O “mestre do suspense” passou uma semana sem conseguir voltar aos estúdios Pinewood, após ver o material bruto. Em seguida, empenhou-se na produção do filme, que editaria as imagens chocantes para mostrar aos alemães a dimensão dos horrores do Holocausto.  Só no final deste ano o documentário poderá ser visto sem cortes. Fica aqui uma parte dele, ainda não legendado em português, mas com o aviso, de que contém imagens muito fortes.